Fintechs de consórcio forçarão redução de taxas e busca pela inovação.

sinqia-fintechs_de_consorcios.jpg

Novos entrantes oferecem gestão com tecnologia avançada que automatiza processos, simplifica experiência do cliente e atua na educação do consumidor para atrair público jovem.

O mercado de meios eletrônicos de pagamento vive atualmente a movimentação da chamada ‘Guerra das Maquininhas’, na qual as empresas abrem mão de taxas e oferecem redução de custos de todas as formas para ganhar a preferência dos lojistas e instalar seus equipamentos de captura de transações com cartões. Enquanto isso, o segmento bancário, com suas instituições tradicionais, vê o território ser invadido pelos chamados neobanks, ou bancos digitais, que também oferecem abertura de contas sem tarifas e outros benefícios.  A tendência disruptiva parece ser geral e mostra indícios de já ter alcançado o setor de consórcios.

Recentemente as primeiras fintechs especializadas neste segmento começaram a fazer barulho e outras prometem aumentar o volume quando começarem a operar comercialmente, o que ameaçam fazer em breve.  

O uso de tecnologias modernas para automatizar processos é uma de suas armas mais poderosas. Com elas, essas startups conseguem aplicar modelos inovadores desde a compra até a contemplação dos consórcios e fazem isto reduzindo os custos de estrutura e de gestão de forma significativa.

Algumas delas já estão anunciando a venda de consórcio de carro, imóvel e até serviços como casamento e viagem por chatbots de forma que o cliente consiga interagir com um mecanismo de perguntas e respostas que, sem a necessidade de interação humana, conduz o processo em todas as suas etapas, indicando as melhores opções de consórcio, com orientação financeira e sem empurrar o produto com promessas falsas.

O resultado é visto em forma de taxas de administração menores do que as praticadas pelo mercado até o momento.

Além disso, o uso de inteligência artificial permite a essas empresas prestarem um verdadeiro serviço de consultoria ao atuar didaticamente auxiliando o usuário a entender de maneira bastante transparente como funciona o sistema, suas vantagens e como o consórcio pode atender as necessidades de cada perfil.

A agilidade na experiência do usuário alinhada a uma linguagem moderna de comunicação se soma a um perfil adequado na oferta de produtos e serviços a serem adquiridos via consórcio que torna mais fácil para elas o desafio de atrair a atenção e ganhar a preferência do consumidor das novas gerações.

O cenário está montado. Trata-se de um caminho sem volta. As administradoras de consórcio terão pela frente em breve sua própria versão da guerra das maquininhas. Seu território corre o risco de ser invadido por esses novos entrantes inovadores.

E a constatação é de que não tem outro caminho a seguir. Não adiante lutar contra a tecnologia. A alternativa é combater inovação com mais inovação.

Neste campo de batalha, a Sinqia se posiciona como importante parceira estratégica das administradoras de consórcio, oferecendo soluções que integram todos os processos operacionais e garantem as condições ideais para o desenvolvimento de novas funcionalidades e modelos de negócios mais alinhadas aos novos tempos.

Ninguém vence uma guerra sozinho.
Entre em contato e vamos juntos até a vitória!

Otávio Barros